Estima-se que 2 milhões de brasileiros utilizem a Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) para se comunicar, segundo o último Censo. O relevante número faz com que empresas públicas e privadas busquem se especializar no diálogo com este público. A companhia de tecnologia e atendimento AeC, por exemplo, criou o atendimento em libras pela internet para que deficientes auditivos possam entrar em contato com empresas e, assim, apresentar a elas suas demandas de aquisição, reparação e acompanhamento de produtos e serviços.

Em sua unidade de João Pessoa, a AeC conta, desde março, com uma equipe de seis profissionais, inclusive um deficiente auditivo, que atuam no atendimento em libras. Na primeira etapa do processo de seleção do time, foi exigido um documento comprobatório de especialização em Libras. Os candidatos foram, então, avaliados em três etapas práticas e teóricas e treinados por meio de simulações de atendimento na Língua Brasileira de Sinais. Nesta fase, por sinal, o candidato com deficiência auditiva contou com o apoio de uma interprete. 

"A AeC encara a inclusão como uma prioridade. Por esta razão, em parceria com nossos clientes, estamos sempre buscando personalizar o atendimento de acordo com as necessidades e especificidades do consumidor final. O atendimento por libras é mais uma iniciativa que confirma nossa tendência em inovação e empatia", afirma Celso Ramiro, vice-presidente da AeC.

O serviço em libras da AeC já possui oito clientes. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h; porém, com o aumento da demanda pela solução do atendimento em libras a tendência é que mais atendentes sejam contratados e, assim, o serviço seja realizado também em outros horários. Para ser atendido em libras, o cliente deve entrar no site de alguma instituição parceira da AeC e acessar o link para iniciar a videochamada com um atendente.

“O objetivo é levar para os consumidores um atendimento com mais empatia e inclusão. A tendência é que este atendimento cresça cada vez mais de acordo com a necessidade e a demanda do mercado”, conclui Andressa Barros, gerente de RH da AeC.

AeC inova ao lançar atendimento em libras

Vitacon implementa intérprete virtual de Libras em seu site

Rede de hospitais oferece atendimento em libras