A Botmaker acaba de lançar seu chatbot para responder a posts e comentários nas redes sociais de empresas e marcas. A novidade permite interagir com os clientes de forma rápida e escalável, ampliando o relacionamento com consumidores, fãs e seguidores das redes mais populares do mundo - Instagram, Facebook e Twitter.

O chatbot para redes sociais da Botmaker traz a possibilidade de interagir no mural ou feed dessas redes de forma customizada: híbrida (mesclando bot com um agente de atendimento em live chat, por exemplo) ou 100% automatizada. "É uma solução que veio para trazer agilidade e eficiência no atendimento, especialmente no caso de empresas com alto volume de interação nas redes sociais, e que traz impacto positivo direto em vendas e resultados", avalia o CTO da Botmaker, Hernán Liendo.

O diferencial é que, na plataforma da Botmaker, o próprio cliente faz a gestão de todos os canais, configura as respostas ao público de acordo com a estratégia de negócio e, dessa forma, proporciona um atendimento personalizado, em tempo real. Além da facilidade na gestão do atendimento, o chatbot para redes sociais da Botmaker pode ser integrado pelo próprio cliente, diretamente na plataforma, sem custo adicional, otimizando custos operacionais. "Dois dias após o lançamento, mais de 10% dos nossos clientes já tinham pedido a integração, que é totalmente fácil e amigável, e não precisa de desenvolvimento", destaca o CTO.

Como funciona
Os comentários ficam visíveis na guia de chat da plataforma da Botmaker e a equipe de atendimento pode interagir diretamente por lá, ajustando as permissões conforme a estratégia da empresa. Caso a opção seja por automatizar os comentários, basta criar um bot específico para a integração, já que as respostas devem obedecer às limitações específicas das redes sociais - o bot não pode ter menu e o texto das respostas não deve ultrapassar 220 caracteres. Além disso, é recomendável que o bot tenha respostas específicas para comentários públicos e mensagens privadas.

A automatização do feed é cobrada por usuário diário, como nos demais canais, com número ilimitado de mensagens recebidas e enviadas em uma janela de 24 horas a partir da primeira resposta a um comentário no Facebook, Instagram ou Twitter da empresa.

Pode te interessar

Cresce uso de chatbots no WhatsApp

Humanização dos chatbots é tendência da automação

Inteligência artificial nas empresas: 5 perguntas e respostas sobre o chatbot