No estudo realizado pela Forbes Insight em 2020, com apoio da SalesForce, para 70% dos executivos entrevistados uma boa experiência do colaborador impacta de forma positiva na experiência do cliente, alavancando, dessa maneira, o crescimento da empresa. “Eu acrescento que não há como construir um ambiente saudável para os funcionários, se os gestores se mantiverem resistentes a demonstrarem suas fraquezas'', aponta Leonardo Zagotta, CEO da Movidaria e idealizador do Carreira & Mamadeira.

Há mais de 15 anos na área de educação corporativa e projetos de consultoria de negócios, Zagotta também é idealizador do Carreira & Mamadeira Incompany, uma edtech destinada às áreas de recursos humanos, desenvolvimento e benefícios que queiram criar um ambiente saudável para pais, mães e gestantes dentro de suas empresas. Com sua experiência, dentro da plataforma desenvolveu trilhas de aprendizagem como: Jornada Liderança Genuína e Jornada Parentalidade, compostas por um grupo multidisciplinar com profissionais de diversas áreas, com conteúdos que abrangem desde a como abordar a notícia da gravidez até a volta ao trabalho da mãe e do pai após a licença-maternidade/paternidade.

Para Zagotta, além da vulnerabilidade, a confiança deve ser outro pilar da relação entre gestores e colaboradores. Inserida no contexto organizacional, a confiabilidade para os líderes, significa não mascarar suas imperfeições diante da equipe e vice-versa. Essa dinâmica permite que os erros não se transformem em sentenças, ou pior, em armadilhas.

Equipes bem estabelecidas, possuem a capacidade de debater de forma saudável, sem o receio de serem julgadas por terceiros ou serem censuradas por seus gestores. A prática desse tópico, evita que ocorram discussões veladas ou ataques passivos agressivos.

“Se tenho conflitos saudáveis entre os membros da empresa, logo, a comunicação é feita de forma franca e sincera. Consequentemente, por terem voz durante a tomada de decisões, os colaboradores se comprometem de forma mais ávida com as metas e o sucesso da organização”, aponta.

Portanto, criar um ambiente que foque no bem-estar dos colaboradores, não pode ser tratado como um dinamismo inovador por parte daqueles que ocupam lugares de liderança. “Na verdade, o espaço organizacional que permita o fortalecimento da confiança entre os colaboradores e seus gestores, é a premissa para um escopo de trabalho coeso e funcional”, finaliza.

Pode te interessar

4 maneiras de oferecer uma experiência total para clientes e funcionários

Tecnologia de experiência do funcionário é nova tendência dentro das empresas

Consumidores desejam que transações desconectadas evoluam para uma experiência unificada